Questões de Português com Prof. Pedrosa - parte XII

Quarta, 1 de Julho de 2020

Questões de Português com Prof. Pedrosa - parte XII

Questões de Português com Prof. Pedrosa - parte XII

A disciplina de língua portuguesa é básica em qualquer concurso público e, portanto, é o tipo de assunto que deve ser revisto frequentemente. Para auxiliar nosso aluno nesta jornada o exímio Prof. Pedrosa vem elaborando uma série de questões, com base nas bancas FGV, FCC e Cespe.

Caso não tenha acompanhado as questões anteriores, nós explicamos: será postada uma questão por dia, de segunda a sexta, preferencialmente na parte da tarde.

                                                                         Questões de Português - 1:

Analisando a mensagem reflexiva acima, coloque “C” para a afirmativa correta ou “E” para a errada.

1. Os vocábulos “tão” e “mais” pertencem à mesma classe gramatical e expressam a mesma ideia. (. )
2. A forma verbal “Existe” poderia ser substituída por “Há”, mantendo a correção gramatical e sem implicar qualquer alteração. (. )
3. O vocábulo “ele” se classifica morfologicamente como pronome pessoal reto e tem como referente o substantivo “silêncio”. (. )
4. A segunda oração do período é uma consequência da primeira e, por essa razão, se classifica como subordinada adverbial causal. (. )
5. Os vocábulos “profunda” e “perfeita” possuem a mesma natureza e estabelecem entre si um paralelismo sintático. (. )

                                                                              Questões de Português - 2:

Analisando a mensagem reflexiva acima, coloque “C” para a afirmativa correta ou “E” para a errada.

1. Para que os padrões cultos da Língua Portuguesa fossem respeitados, deveria ser inserta uma vírgula imediatamente após o verbo “orar”. (. )
2. O termo “em silêncio” possui natureza adverbial e expressa ideia de modo. (. )
3. A última oração do período poderia ser reescrita como “e Deus o ouvirá“, mantendo a correção gramatical. (. )
4. O artigo “o” que precede o pronome “seu” poderia ser suprimido, mantendo a correção gramatical, embora o sentido original fosse alterado. (.)
5. O vocábulo “silêncio” recebe acento gráfico por duas razões distintas e, por isso, pode ser silabicamente dividido de duas formas. (. )

                                                                              Questões de Português - 3:

Analisando a mensagem reflexiva acima, coloque “C” para a afirmativa correta ou “E” para a errada.

1. O vocábulo “Quem”, classificado morfologicamente como pronome condensado, poderia ser substituído, mantendo a correção gramatical, por “Aquele que”. (. )
2. A primeira oração do período é o sujeito da segunda e, por isso, se classifica como subordinada substantiva subjetiva conectiva. (. )
3. O artigo “o” que combinou com a preposição “a”, imediatamente antes do pronome adjetivo possessivo “seu, nas duas ocorrências, foi mal empregado e, para que os padrões cultos da Língua Portuguesa fossem respeitados, deveria ser suprimido. (. )
4. O substantivo “vitória” recebe acento gráfico por duas regras distintas assim como o vocábulo “alcalóidico”. (. )
5. A forma nominal “estar” foi mal empregada e, para que os padrões cultos da Língua Portuguesa fossem respeitados, deveria ser substituída pela forma verbal “está”. (. )

                                                                              Questões de Português - 4:

Analisando a mensagem reflexiva acima, coloque “C” para a afirmativa correta ou “E” para a errada.

1. Os períodos poderiam formar um único e as orações dele ligados por meio de vírgulas, mantendo a correção gramatical e as ideias originais. (.)
2. O pronome adjetivo possessivo “meu”, na primeira aparição, poderia ser flexionado no feminino, mantendo a correção gramatical, embora o sentido não fosse preservado. (. )
3. Os predicados de todas as orações se classificam como nominal e possuem adjetivos como núcleos. (. )
4. Os vocábulos “experiência” e “obstáculo” recebem acento gráfico pelas mesmas razões. (. )
5. Imediatamente antes de cada pronome possessivo poderia ser inserto o artigo definido “o” sem que houvesse prejuízo para a correção gramatical, porém haveria alteração de sentido. (. )

                                                                              Questões de Português - 5:

Analisando a mensagem reflexiva acima, coloque “C” para a afirmativa correta ou “E” para a errada.

1. O vocábulo “Se” é morfologicamente uma conjunção subordinativa e introduz uma oração de natureza adverbial que expressa uma hipótese. (.)
2. Se a forma verbal “tenta” fosse flexionada no plural neste mesmo tempo e modo, não haveria prejuízo para a correção gramatical, embora o sentido original fosse alterado. (. )
3. Os vocábulos “você” e “parabéns” recebem acentos tônicos e gráficos pela mesma razão. (. )
4. As duas primeiras orações do período são subordinadas e coordenadas entre si e, por isso, elas possuem duas classificações cada. (. )
5. O substantivo partitivo “maioria” é o núcleo do agente da ação verbal da última oração do período. (. )

                                                                              Questões de Português - 6:

Analisando a mensagem reflexiva acima, coloque “C” para a afirmativa correta ou “E” para a errada.

1. O período é formado por três orações, sendo uma principal e duas subordinadas e, por isso, é composto apenas por subordinação. (. )
2. O vocábulo “ruins” se classifica morfologicamente como substantivo uma vez que se encontra determinado pelo artigo definido “os”. (. )
3. Há no período duas orações subordinadas e coordenadas entre si, o que faz dele uma composição mista. (. )
4. Os vocábulos “bons” e “ruins” possuem, respectivamente, naturezas adjetiva e substantiva. (. )
5. Há duas orações subordinadas de natureza substantiva que caracterizam o sujeito da primeira. (.)

                                                                              Questões de Português - 7:

Analisando a mensagem reflexiva acima, coloque “C” para a afirmativa correta ou “E” para a errada.

1. Há no período uma expressão denotativa realçando o substantivo “crise”. (. )
2. Se o vocábulo Quem” fosse substituído por “Aquele que” não haveria prejuízo para a correção gramatical, embora o sentido original fosse alterado. (. )
3. No segundo período há uma oração justaposta exercendo função de sujeito de uma outra. (. )
4. O vocábulo “mesmo” se classifica morfologicamente como pronome adjetivo demonstrativo e poderia ser substituído por “próprio” sem que os padrões cultos da Língua Portuguesa fossem desrespeitados. (. )
5. Se a forma verbal “nascem” fosse flexionada no singular nesta mesma pessoa, neste mesmo tempo e neste mesmo modo, a correção gramatical seria mantida. (. )

                                                                              Questões de Português - 8:

Analisando a mensagem reflexiva acima, coloque “C” para a afirmativa correta ou “E” para a errada.

1. A forma verbal “esteja” foi mal empregada e, para que os padrões cultos da Língua Portuguesa fossem respeitados, deveria ser substituída por “está”. (. )
2. O pronome de tratamento íntimo “você” e a forma verbal copulativa “está” recebem acento gráfico pela mesma razão. (. )
3. A segunda oração do período não é reconhecida pela Nomenclatura Gramatical Brasileira, embora seja classificada gramaticalmente como subordinada adverbial locativa. (. )
4. Os vocábulos “onde” e “mais” possuem a mesma natureza e expressam, respectivamente, ideia de lugar e tempo. (. )
5. A forma verbal “estava” expressa um fato em decurso, embora se encontre conjugada no modo subjuntivo. (. )

                                                                             Questões de Português - 9

Analisando a mensagem reflexiva acima, coloque “C” para a afirmativa correta ou “E” para a errada.

1. Se, imediatamente após o pronome indefinido “outros”, fosse inserido o sinal de dois-pontos seguido da conjunção “pois” e feitas as devidas adaptações em relação ao emprego de maiúsculas e minúsculas, a correção gramatical e o sentido original seriam mantidos. (. )
2. A forma verbal “espere” está conjugada no modo imperativo negativo e expressa um preceito, sendo que, caso fosse substituída por “esperes”, não haveria prejuízo para a correção gramatical. (. )
3. O termo “O primeiro” está exercendo função sintática de sujeito e tem como núcleo um numeral substantivado e, por isso, possui o mesmo valor morfológico do vocábulo “sonhos”. (. )
4. O vocábulo “que” se classifica morfologicamente como preposição acidental, pode ser substituído por “de”, sem que haja qualquer infração à norma culta. (. )
5. O termo “dos outros” é agente de uma ação nominal e, sintaticamente, quando isso ocorre, é classificado acessoriamente como adjunto adnominal. (. )

                                                                         Questões de Português - 10

Analisando a mensagem reflexiva acima, coloque “C” para a afirmativa correta ou “E” para a errada.

1. Os vocábulos “dói” e “será” recebem acento gráfico pela mesma razão. (. )
2. O adjetivo subjetivo “feliz” exerce função sintática de predicativo do objeto e segundo núcleo do predicado. (. )
3. Se os vocábulos “dói” e “também” fossem intercambiados, a correção gramatical e o sentido original seriam mantidos. (. )
4. O sujeito da forma verbal “faz” é o termo “um lugar”, que se classifica como determinado e simples. (. )
5. O vocábulo “que” retoma um circunstante espacial e, por isso, se classifica morfologicamente como pronome relativo. (. )

                                                                             Questões de Português - 11

Analisando a mensagem reflexiva acima, coloque “C” para a afirmativa correta ou “E” para a errada.

1. A forma verbal “perca” está conjugada no modo imperativo e expressa um conselho. (. )
2. Há uma incoerência provocada pelo uso da forma verbal “Perca” e, a fim de que esse defeito de linguagem seja corrigido, ela deveria ser substituída por “Use”. (. )
3. Os vocábulos “menos” e “mais” expressam ideia de intensidade e, por isso, pertencem à mesma classe gramatical. (. )
4. O segmento registra uma relação antitética entre os adjetivos “fracassos” e “sucessos”. (. )
5. Os termos “do passado” e “do futuro” possuem a mesma natureza. (. )

                                                                         Questões de Português - 12

Analisando a mensagem reflexiva acima, coloque “C” para a afirmativa correta ou “E” para a errada.

1. A forma verbal “Treine” está conjugada no presente do subjuntivo, pois expressa um fato ainda não realizado. (. )
2. O vocábulo “mesmo” se classifica morfologicamente como pronome adjetivo demonstrativo e poderia ser substituído por “próprio”, mantendo a correção gramatical e o sentido original. (. )
3. A segunda oração se encontra associada ao advérbio “incansavelmente” e, por isso, se classifica como subordinada substantiva completava nominal. (. )
4. O vocábulo “incansavelmente”
se classifica morfologicamente como advérbio, expressa ideia de modo e poderia ser isolado por vírgulas sem que houvesse prejuízo para a correção gramatical. (. )
5. A vírgula imediatamente após o adjetivo “inimigo” poderia ser suprimida por se tratar de pontuação optativa. (. )

                                                                         Questões de Português - 13

Analisando a mensagem reflexiva acima, coloque “C” para a afirmativa correta ou “E” para a errada.

1. A vírgula imediatamente após o substantivo “sucesso” poderia ser suprimida, mantendo a correção gramatical e o sentido original, por se tratar de pontuação optativa. (. )
2. O vocábulo “Se” poderia ser substituído por “Como”, mantendo a correção gramatical e as ideias originais. (. )
3. A predicação do verbo “acreditar” é a mesma nas duas ocorrências. (. )
4. Poderia ser inserta a contração “nele” imediatamente após o infinitivo impessoal “acreditar”, sem que houvesse prejuízo para a correção gramatical. (. )
5. O termo “por você” possui natureza adverbial, classifica-se sintaticamente como adjunto adverbial e expressa ideia de sunstituição. (. )

                                                                         Questões de Português - 14

Analisando a mensagem reflexiva acima, coloque “C” para a afirmativa correta ou “E” para a errada.

1. O sinal indicativo de crase que recaiu sobre o “Às” que precede o substantivo “vezes” é optativo e, por isso, poderia ser suprimido, mantendo a correção gramatical e o sentido original. (. )
2. Esse período é composto por duas orações e a relação entre elas é de oposição. (. )
3. O conectivo “mas” poderia ser substituído por “embora”, mantendo a correção gramatical e o sentido original. (. )
4. Esse período poderia ser reescrito como “Sempre a mentira será um tiro nas costas, ainda que, às vezes, a verdade possa ser um tapa na cara.”, preservando as ideias originais e os padrões cultos da Língua Portuguesa. (. )
5. Se a conjunção coordenativa “mas” fosse deslocada para imediatamente após a forma verbal “será” e substituída por “porém, isolada por vírgulas, não haveria prejuízo para a correção gramatical, assim como o sentido original seria preservado. (. )

                                                                         Questões de Português - 15

Analisando a mensagem reflexiva acima, coloque “C” para a afirmativa correta ou “E” para a errada.

1. A vírgula imediatamente após o substantivo “paz” foi empregada para isolar uma oração de natureza adverbial anteposta à principal. (. )
2. O vocábulo “o” que precede o possessivo adjetivo “seu” é optativo e pode ser suprimido, mantendo a correção gramatical. (. )
3. Se a primeira oração fosse reescrita como “Caso o seu interior esteja em paz”, a correção gramatical e as ideias originais seriam mantidas. (. )
4. O vocábulo “interior” se classifica morfologicamente como adjetivo embora seja o núcleo do sujeito da forma verbal “estiver”. (. )
5. Os termos “o seu interior” e “o resto” exercem a mesma função sintática e possuem a mesma natureza. (. )

                                                                         Questões de Português - 16

Analisando a mensagem reflexiva acima, coloque “C” para a afirmativa correta ou “E” para a errada.

1. Os vocábulos “hoje”, “amanhãs” e “ontem” se classificam morfologicamente como advérbio, exercem função sintática de adjunto adverbial e expressam ideia de tempo. (. )
2. O sentido da forma verbal “faço” é complementado pelo termo “o que” o qual se classifica sintaticamente como objeto direto. (. )
3. Os vocábulos “o” e “que” são, respectivamente, referente e correferente, sendo que este substitui aquele e aquele esclarece semanticamente este. (. )
4. O vocábulo “ontem” é o núcleo do complemento nominal do adjetivo “iguais” e, por isso, se classifica morfologicamente como advérbio empregado fora da essência. (. )
5. O “o” que precede o pronome relativo “que” é um pronome substantivo demonstrativo neutro vicário e ainda se enquadra como exofórico por ser esclarecido semanticamente por uma situação e não pelo contexto. (. )

                                                                         Questões de Português - 17

                                                                      

Analisando a mensagem reflexiva acima, coloque “C” para a afirmativa correta ou “E” para a errada.

1. Para que os padrões cultos da Língua Portuguesa fossem respeitados, deveria haver uma vírgula imediatamente após a forma verbal “passam”. (. )
2. O vocábulo “e” poderia ser substituído por “porém”, mantendo a correção gramatical e as ideias originais. (. )
3. Os termos “Os adjetivos” e “os substantivos” estabelecem entre si um paralelismo sintático, além de possuírem a mesma natureza. (. )
4. Os vocábulos “adjetivos” e “substantivos” se classificam morfologicamente como substantivos e são as principais palavras dos seus termos. (. )
5. Esse período é puro, embora a coordenação seja mista e, por essas razões, a relação entre as suas orações é de horizontalidade. (. )

                                                                         Questões de Português - 18

Analisando a mensagem reflexiva acima, coloque “C” para a afirmativa correta ou “E” para a errada.

1. Se a forma verbal “aprenda”, conjugada no modo imperativo afirmativo, fosse substituída por “aprende”, a correção gramatical seria mantida. (. )
2. O vocábulo “sem” se classifica morfologicamente como preposição gramatical e expressa ideia de ausência. (. )
3. A segunda oração do período restringe o substantivo “pessoas” e estabelece com o artigo que o precede um paralelismo sintático. (. )
4. O vocábulo “que” é fórico e é esclarecido semanticamente por uma situação, e não pelo contexto, sendo o elemento introdutor de uma oração de natureza adjetiva. (. )
5. Se a forma verbal “vivem”, que expressa um fato habitual, fosse flexionada no singular deste mesmo tempo e modo, não haveria prejuízo para a correção gramatical. (. )

                                                                         Questões de Português - 19

 

Analisando a mensagem reflexiva acima, coloque “C” para a afirmativa correta ou “E” para a errada.

1. Esse período é formado por duas orações e a relação entre elas é de verticalidade. (. )
2. O vocábulo “se” classifica-se morfologicamente como pronome pessoal oblíquo átono apassivador e não exerce função sintática. (. )
3. O agente da ação verbal é inexistente, pois não é possível detectá-lo. (. )
4. A locução “de novo” possui natureza adverbial e poderia ser substituída por “novamente”, mantendo a correção gramatical e o sentido original. (. )
5. O termo “o novo” se classifica sintaticamente como sujeito e tem como núcleo o adjetivo “novo”. (. )

                                                                         Questões de Português - 20

Analisando a mensagem reflexiva acima, coloque “C” para a afirmativa correta ou “E” para a errada.

1. Para que os padrões cultos da Língua Portuguesa fossem respeitados, deveria ser inserta uma vírgula imediatamente após a forma verbal “entra”. (. )
2. O vocábulo “que” é uma palavra fórica, pois está sendo esclarecido semanticamente pelo contexto. (. )
3. Se o termo “filho”, que foi usado para chamar, fosse isolado por travessões, não havia prejuízo para a correção gramatical. (. )
4. Os vocábulos “não”, “provavelmente” e “já” possuem natureza adverbial e mantêm relação com as formas verbais que são modificadas por eles. (. )
5. O termo “que você já escutou” exerce a mesma função sintática do artigo definido feminino “a”, determinante do substantivo “mãe”. (. )

                                                                         Questões de Português - 21

Analisando a mensagem reflexiva acima, coloque “C” para a afirmativa correta ou “E” para a errada.

1. Caso fossem insertos, respectivamente, os artigos definidos “a” e “os” imediatamente antes dos possessivos “sua” e “seus”, a correção gramatical e o sentido original seriam mantidos. (. )
2. Os vocábulos “que” (na primeira ocorrência), “sua” e “seus” pertencem à mesma classe gramatical, embora possuam naturezas diferentes. (. )
3. A forma sintética “maior” poderia ser substituída pela analítica “mais grande” sem que os padrões cultos da Língua Portuguesa fossem desrespeitados. (. )
4. O termo “na vida” complementa indiretamente o sentido do substantivo “fé”, sendo uma função sintática paciente. (. )
5. Esse período é composto por subordinação e, por isso, a relação entre as orações é de horizontalidade . (. )

                                                                         Questões de Português - 22

Analisando a mensagem reflexiva acima, coloque “C” para a afirmativa correta ou “E” para a errada.

1. A vírgula imediatamente após o substantivo “equilíbrio” poderia ser suprimida, mantendo a correção gramatical e o sentido original, por se tratar de pontuação optativa. (. )
2. O vocábulo “que” de classifica morfologicamente como pronome substantivo relativo endofórico anafórico e é esclarecido semanticamente pelo termo “nada”. (. )
3. A segunda oração do período restringe a primeira e com ela mantém relação de horizontalidade, embora exerça função sintática de adjunto adnominal. (. )
4. O vocábulo “equilíbrio” recebe acento gráfico por duas razões distintas assim como “veículo”. (. )
5. A forma verbal “há” poderia ser substituída por “existe” preservando os padrões cultos da Língua e as ideias originais. (. )

                                                                         Questões de Português - 23

Analisando a mensagem reflexiva acima, coloque “C” para a afirmativa correta ou “E” para a errada.

1. O substantivo “velocidade” deveria ser flexionado no plural a fim de atender aos padrões cultos da Língua Portuguesa e tornar a mensagem coerente. (. )
2. O vocábulo “nós” poderia ser suprimido sem implicar erro quanto à flexão da forma verbal “crescemos”. (. )
3. O ponto imediatamente após o adjetivo subjetivo “diferentes” poderia ser substituído por vírgula, se feitas as devidas adaptações em relação ao emprego de maiúsculas e minúsculas, sem que houvesse prejuízo para a coesão do período. (. )
4. A forma verbal “crescemos” está conjugada no pretérito perfeito do indicativo, pois expressa um fato passado e concluído. (. )
5. Se o pronome pessoal subjetivo “nós” fosse suprimido, a flexão da forma verbal “crescemos” passaria a ser justificada pelo o seu novo sujeito “Todos”. (. )